Vencedores da 4ª edição do concurso de cicatrizações espetaculares com Omnimatrix

A 4ª edição do concurso de cicatrizações espetaculares com Omnimatrix voltou a ter este ano várias participações com casos impressionantes. A grande adesão ao concurso mantém-se, demonstrando a relevância clínica do Omnimatrix e o sucesso dos Médicos Veterinários que confiam no produto.

O vencedor deste ano é o Hospital Veterinário Alcor, em Madrid, com o caso da Adara, uma cadela de raça indeterminada, com cerca de 3 anos, mordida por uma víbora. Apresentou edema subcutâneo torácico e necrose de toda a pele do tórax e membro anterior esquerdo. 
A Adara foi submetida a duas cirurgias para desbridamento e remoção do tecido necrosado. Iniciou-se um protocolo com desinfeção das feridas e aplicação de pensos húmidos com mel e outro coadjuvante de tratamento de feridas cutâneas.
Dois dias depois da última cirurgia começou a fazer pensos com Omnimatrix. Os resultados observados com Omnimatrix foram desde logo muito significativos, e foi possível manter a lesão sem sinais de infeção e sem tecido necrótico. A evolução foi muito favorável e rápida, sendo que em apenas 36 dias a recuperação foi extraordinária.

O 2º Lugar é este ano atribuído ao Hospital Veterinário de Alvalade, com o caso da Lola, uma Schnauzer Média, com 13 anos, vítima de atropelamento. 
O atropelamento originou fratura da bacia, luxação da articulação coxofemoral e uma extensa lesão cutânea por queimadura na região dorso-lombar. Esta lesão foi tratada com Omnimatrix e a recuperação foi notável, já que em apenas 60 dias estava praticamente encerrada.

Em 3º lugar ficou o Centro Veterinário de Alfândega da Fé – Alfavet, com o caso do Dumba, um cão de raça indeterminada, com 2 anos, vítima de atropelamento.
O Dumba deu entrada na consulta com laceração extensa dos tecidos do membro anterior direito e fratura exposta do rádio. Além de instaurada antibioterapia e terapêutica para controlo da dor, foram aplicados vários pensos com Omnimatrix. Após cerca de 60 dias, houve cicatrização completa da lesão e o Dumba já apoiava perfeitamente o membro.  

Desejamos que todos os animais possam contar com a ajuda de Omnimatrix em cicatrizações desafiantes. Convidamo-lo a continuar a documentar os casos mais espetaculares e a partilhá-los connosco numa próxima edição do concurso "Omnimatrix - cicatrizações espetaculares"!

O documento(pdf) contém as fotografias dos casos vencedores da 4ª edição do concurso. Atenção, as imagens poderão ferir a suscetibilidade de pessoas mais sensíveis.


  Vencedor Omnimatrix 2019_PT