Vencedores da 6ª edição do concurso de cicatrizações espetaculares com Omnimatrix

Vencedores do Concurso de 2021

A 6ª edição do Concurso volta a contar com a forte participação por parte dos Médicos Veterinários, demonstrando a relevância clínica de Omnimatrix e Omnimatrix Septifree.

A Hifarmax congratula os casos vencedores pelos casos exemplares sob o ponto de vista da qualidade de documentação, originalidade, impacto clínico e rapidez da cicatrização. 


1º Lugar - Centro Veterinário Aguilar, Espanha
Dados animal e descrição da lesão: O Blaqui, cão de 2 anos de idade, sem raça definida, chegou a consulta com uma grave inflamação que afetava toda a face com tumefação, edema subcutâneo causando uma deformação facial, por suspeita de mordedura de víbora. Como consequência da ação hemotóxica e citotóxica iniciou-se necrose da toda a pele da região nasal bilateral, região bucal do lado direito e ainda porção cranial do pescoço. 
Protocolo terapêutico: Procedeu-se ao desbridamento do tecido necrosado, causando exposição óssea em todas as lesões e na região do pescoço da traqueia, linfonodos submandibulares e feixo neurovascular do pescoço.  O tratamento consistiu na administração de antibioterapia e anti-inflamatórios sistémicos e realização de pensos com prévia lavagem e aplicação de Omnimatrix creme. 
Evolução: A evolução foi desde logo muito significativa, sendo possível manter as lesões sem sinais de infeção e com cicatrização rápida. Em apenas 60 dias as regiões nasal e bucal estavam praticamente cicatrizadas.  Quanto à lesão na porção cranial do pescoço a sua evolução estava a ocorrer de forma mais gradual e optou por se aplicar Omnimatrix Septifree. Graças à sua introdução houve um aumento considerável no aparecimento de tecido epitelial, acelerando assim o processo de cicatrização. 


2º Lugar - Centro Veterinário de Foz Côa, Portugal
Dados animal e descrição da lesão: O Osny, Pastor Belga Malinois com 11 meses de idade, vítima de atropelamento, deu entrada em consulta em choque, com extensa lesão do membro posterior direito, com fratura de tarso, perda de massa óssea e hemorragia associada. 
Protocolo terapêutico: Iniciou-se desbridamento e limpeza da ferida, com posterior aplicação de Omnimatrix creme, realização de pensos, inicialmente, diários tendo posteriormente diminuído a sua frequência. Foi ainda instituída cobertura anti-inflamatória e antibiótica.  
Evolução: A evolução da cicatrização foi evidente e após cerca de 80 dias de aplicação de Omnimatrix creme estava praticamente cicatrizada. Atualmente, o paciente apoia o membro, que se encontra totalmente cicatrizado.


3º Lugar - Clínica Veterinária Vicente Rol, Espanha
Dados animal e descrição da lesão: A Triana, égua de 18 anos de idade, apresentou um abcesso na base da orelha esquerda devido a um quisto dentário infetado. 
Protocolo terapêutico: Colocou-se um dreno de Penrose e após 4 dias observou-se necrose da área correspondente ao trajeto do dente até a base da orelha. Realizou-se desbridamento, administração de anti-inflmatório e antibiótico apenas durante a primeira semana, e optou-se pela cicatrização por segunda intenção com lavagens com soro fisiológico e aplicação de Omnimatrix creme. 
Evolução: A lesão foi tratada com Omnimatrix creme e a recuperação foi notável sendo que em apenas 45 dias estava praticamente encerrada.


A Hifarmax agradece a todos os participantes e convida os interessados a continuarem a documentar os casos mais espetaculares e a partilhá-los connosco na próxima edição do concurso "Omnimatrix - cicatrizações espetaculares"! 

   Vencedores Omnimatrix 2021_PT